Stand Up Paddle ou SUP - Dicas para iniciar, 10 destinos para remar, tipos de pranchas e mais

Publicado: 09/01/2019

Stand Up Paddle

Stand Up Paddle ou SUP. Conheça a história, modalidades, dicas e destinos para praticar um dos esportes que mais crescem no mundo. 



O Stand Up Paddle está a cada dia se tornando mais popular. Isso ocorre principalmente devido a sua versatilidade, e o melhor de tudo é que ao mesmo tempo que pratica uma atividade física ainda curte o balanço da água.


O esporte ganha novos adeptos pelas inúmeras possibilidades de pratica-los e pela variação de lugares aquáticos.


Stand Up Padle ou SUP para os mais íntimos é uma derivação do surf, onde nos lugares dos braços se usam remos, e de origem havaiana. 


Na verdade o Stand Up Padle é muito mais do que isso. Ele te proporciona benefícios imensos para a saúde física e mental, além de garantir paisagens paradisíacas e emoções únicas.


Neste artigo vamos desvendar os mistérios desse esporte e explicar tudo o que você precisa saber para iniciar a prática e se apaixonar de vez.


Índice do conteúdo


  1. 10 razões para praticar o Stand Up Paddle
  2. Dicas para iniciar no SUP
  3. Modalidades do Stand Up Paddle
  4. Onde praticar o SUP
  5. Tipos de pranchas de Stand Up Paddle
  6. 10 lugares paradisíacos para remar
  7. Saúde física e mental
  8. O que você precisa para começar no Stand Up Paddle


10 razões para praticar o Stand Up Padle

1 - Fácil de aprender – É um esporte acessível a todas as pessoas, de todas as idades e de ambos os sexos. E nem precisa ter aquele shape em forma para aprender!


2 - Diminui o estresse – Estar rodeado de água é, comprovadamente, uma forma de diminuir o estresse. O SUP libera endorfina e você se sente feliz e relaxado e ainda mantém uma saúde mental intacta.


3 - Academia ao ar livre – Se você tem pavor de ficar malhando em lugares fechados, o Stand Up Padle é a academia dos seus sonhos. Ele trabalha a força e o equilíbrio, os músculos inferiores e superiores, trabalha de forma consistente o sistema cardiovascular, melhora sua postura devido ao melhoramento do seu centro de gravidade, assim sendo sua coluna, ligamentos e musculatura abdominal agradecem.


4 - Queima calorias – O SUP pode queimar de 300 a 700 calorias por hora, pois ele é um exercício aeróbico completo.


5 - Contato com a mãe natureza – As conexões que você consegue obter com a natureza são imensas. A sensação de fazer parte de um todo te acalma e traz paz para a mente e para a alma.


6 - Baixo custo - Você só precisa de uma prancha, de um leash (cordinha de segurança para amarrar os pés) e um remo. Se não puder adquirir os equipamentos próprios, você sempre encontrará lojas de aluguel de equipamentos. Os equipamentos não precisam de manutenção, então o custo é fixo e os benefícios ilimitados.


7 - Diversão com amigos – Você pode usufruir do Stand Up Padle sozinho, mas com amigos é muito mais divertido. Além de que você pode carregar crianças e animais na mesma prancha que você estiver usando.


8 - Não precisa saber surfar – Isso mesmo, você não precisa saber surfar para praticar o SUP, mas precisa conhecer as noções básicas do surfe, como ficar em pé na prancha e ter equilíbrio e essas duas coisas podem ser aprendidas com a prática.


9 - Baixo impacto – O Stand Up Padle é um exercício de baixo impacto, isso quer dizer que o risco de você sofrer alguma lesão é quase zero.


10 - Em qualquer lugar – Onde existir água represada, este será o local possível para você remar sua prancha de Stand Up Padle. Mar, lagoas, rios, manguezais e geleiras.


Dicas para iniciar no Stand Up Padle

Como iniciar no Stand Up Paddle

Vamos dar algumas dicas para os iniciantes nesta brincadeira maravilhosa que é o Stand Up Padle ou SUP. Dissemos brincadeira porque o esporte vai além de simples exercícios.


Ele realmente consegue te trazer diversão mesmo você estando sozinho em cima da prancha SUP.


Nos primeiros passos procure sempre um profissional especializado em Stand Up Paddle para te ensinar. Ele te ensinará algumas técnicas para evitar lesões na musculatura dos braços e da coluna.


Essas técnicas vão te proporcionar a ter um equilíbrio certo e saber qual a direção que sua prancha poderá tomar.


Todas as variedades de equipamentos precisam ser testadas pessoalmente. Isso é para que você encontre um equipamento que case perfeitamente à sua altura e peso e com o nível de habilidade pessoal.


O objetivo que você tem em relação ao SUP também conta muito para definir qual a melhor prancha de Stand UP Padle, ou seja, se quer remar no mar, no rio, na lagoa, com ondas ou sem ondas, dentre outros.


Para o início procure um local com águas calmas, sem correntezas e sem ventos e se possível, sem muitas pessoas por perto. Faça tudo com calma e sinta a sensação de liberdade tomar conta do seu corpo.


Vamos ao bê-a-bá do Stand Up Paddle - SUP:


▲ Se você ainda não tem segurança suficiente para ficar em pé em cima da prancha de Stand Up Padle, você poderá remar sentado ou ainda de joelhos. Ao se sentir seguro em pé de uma prancha, lembre-se de que no início, o melhor é manter os pés paralelos, separados na mesma distância dos ombros. Isso te trará a sensação de mais firmeza.


Remar corretamente é muito importante. Use todo o seu corpo para isso e não somente os braços. Segure o remo com uma mão na parte de cima e com a outra no meio do comprimento dele. Estique os seus braços, flexione os joelhos, torça o seu tronco e use a musculatura das costas. Saiba dosar a força, o remo após passar pelos seus pés estará somente empurrando a água e dando velocidade para se movimentar. Sua remada terá um desempenho melhor se você começar bem à frente e acabar perto dos seus pés.


▲ Lembre-se que o seu corpo está representando uma vela enquanto você estiver em pé em cima de uma prancha SUP, então se a velocidade do vento aumentar e as água ficar agitada, imediatamente, ajoelhe-se, sente-se ou deite-se na prancha e comece a remar com as mãos até um lugar seguro.


▲ Você sempre deve olhar para o horizonte e para o ponto onde deseja chegar. Instintivamente o seu corpo seguirá o seu olhar e a prancha fará o mesmo.


Não reme sozinho no início, pois se algo acontecer você sempre terá alguém para te ajudar, além de que ter amigos por perto é sempre mais divertido em qualquer circunstância.


A prática leva à perfeição, então não queira remar por horas a fio ou fazer longas distâncias. Vá praticando aos poucos, saboreando cada passo e cada etapa superada.


Ao sentir cansaço pare de remar e descanse em cima da prancha de Stand Up Padle. Esse é o momento ideal para curtir a paisagem e relaxar enquanto ganha um pouco mais de energia. É normal se sentir cansado logo no início, assim como em outros esportes, conforme sua resistência aumenta, aumenta a sua capacidade de remar por mais tempo sem se cansar.


Modalidades do Stand Up Padle

Podemos dizer que o Stand Up Padle é um esporte de verão e nos últimos anos aqui no Brasil, ele é considerado “O” esporte do verão. Onde você estiver e houver água, lá você encontrará alguém remando sua prancha de SUP. No mar, nos lagos, nos rios, piscinas.


Além de diversão, o Stand Up Padle trabalha com o seu corpo, te proporciona um bronzeado incrível e te mantém dentro d’água, coisa que todo brasileiro adora em dias quentes de verão.


Para a maioria dos praticantes de SUP, o esporte é apenas um hobby a ser praticado nos finais de semana ou nas férias, mas para outras tantas pessoas ele é levado muito a sério. Muitos competem no Stand Up Padle e vários campeonatos em várias modalidades são praticados pelo mundo afora.


Vamos citar algumas modalidades básicas e outras um pouco exóticas desse esporte mais que versátil:


SUP Wave ou SUP Surf – É a modalidade mais próxima ao surf tradicional, a diferença é o uso do remo. As avaliações são feitas baseadas no uso do equipamento como um todo e de como se surfa uma onda com um remo. As pranchas de SUP são menores, o que confere maior agilidade e a facilitação de manobras mais radicais.


Stand Up Paddle Race – Como em uma corrida (race) ganha quem chegar primeiro. As categorias são variadas: distâncias, local, tamanho de pranchas, percurso. As pranchas de SUP são mais estreitas para alcançarem altas velocidades. Existem corridas que podem ultrapassar a marca de 20 km remando.


Stand Up Paddle Downwind - É uma modalidade de corrida onde as pranchas correm a favor do vento, num percurso linear e dependem, exclusivamente, das condições do vento e das ondulações que fazem com que as pranchas andem rápido. Exige mais técnica do que força.


SUP Freestyle – Seu objetivo é avaliar a quantidade de manobras realizadas sobre a prancha de Stand Up Paddle apenas com o corpo e o auxilio do remo.


Como em qualquer esporte o Stand Up Padle também evoluiu e com isso aconteceu o surgimento de outras modalidades mais exóticas:


Stand Up Paddle Fishing: - Ao invés de um barco, uma prancha SUP. Equipamentos com local para a fixação da vara já é encontrado por aí.


SUP River ou SUP Rafting – O objetivo é descer as corredeiras dos rios apenas com a mobilidade do corpo e do uso do remo. É uma versão mais radical do esporte. Muitas vezes as pranchas são de materiais infláveis.


SUP Yoga – É a prática dos exercícios da ioga em cima de uma prancha SUP, o que atrai os praticantes é o alto grau de dificuldade e equilíbrio que é exigido. Pranchas infláveis de alta flutuação são as mais indicadas para a prática.


Onde praticar o Stand Up Padle?

Uma das melhores coisas em relação ao Stand Up Padle é poder pratica-lo em qualquer local que tenha água. Rios, lagos, lagoas, mar, piscinas e represas.


Seguem algumas dicas para os tipos de locais a serem remados com o Stand Up Padle:


Remar em lagos, lagoas e represas

Saber qual o trajeto a ser realizado ajuda para as paradas de descanso, os pontos de contato e os escapes.


Respeitar sempre a natureza e a água.


Saber qual a profundidade do lugar é importante para evitar acidentes caso você tenha que cair na água. No leito pode haver pedaços de madeira, vidros, troncos de árvores e lixo e muitos locais possuem profundidades irregulares em seu percurso.


Cuidado extra com a correnteza, mesmo parando de remar ela te levará com ela.


Remar no rio

Reme mais próximo à beira do rio, não muito próximo, pois a margem é um obstáculo a ser vencido. Outras embarcações, geralmente, usam o meio do rio para trafegarem e você estando um pouco mais perto da margem, evitará colisões ou possíveis quedas.


Usar roupas coloridas ajuda outras embarcações a te acharem mais rapidamente, evitando os acidentes.


Calcule o tempo para a saída e para o retorno. À noite você ficará sem visibilidade e poderá sair em algum lugar desconhecido.


Se acontecer de encontrar com outra embarcação e esta fazer ondulações, coloque sua prancha transversalmente, fica mais fácil você enfrentar as ondulações de frente.


Remar no mar

Tenhas as informações de ventos, correntezas e as principais características da praia.


Nunca vá muito longe da costa.


Não praticar o SUP em dias de chuva, trovões e raios.


Evite local onde há muitos banhistas.


Evite as rotas de embarcações e esportes aquáticos motorizados.


Use coletes salva-vidas.



Remar em piscinas

Nessa modalidade o que conta são os exercícios físicos que acompanham as remadas em cima das pranchas SUP. Você pode aproveitar também o seu equilíbrio em cima da prancha para depois remar em outras paisagens, é uma forma de adquirir segurança.


Tipos de prancha do Stand Up Padle

Antes de se aventurar em compras e acabar errando no modelo e gastar uma grana desnecessária, vamos entender o que é preciso:


1º Você tem que saber qual o seu objetivo.

Várias são as finalidades de uma prancha de Stand Up Padle. Vai desde um simples passeio em águas calmas até corredeiras com obstáculos. Por isso ter o objetivo definido é o primeiro passo para comprar sua prancha SUP certa.


2º Conhecer o material da prancha.

O material que é feito as pranchas SUP também são importantes e tem influência no objetivo final. Hoje existem pranchas de materiais recicláveis como garrafas pet e até de caixas tetras.


Se o seu objetivo for apenas diversão, as pranchas devem ser de espuma, que são resistentes e não machucam. Os modelos infláveis são mais fáceis de serem transportados.


Remadas de longa distância pedem fibras de vidro. Para o SUP Surf os materiais mais utilizados são o isopor epoxy e o poliuretano.


Um bom profissional te orientará quanto às escolhas certas.


3º O barato pode sair caro

Geralmente em hotéis e lojas de aluguel, o material usado da prancha SUP é o plástico.


Nesses casos específicos é um bom negócio porque as pessoas que alugam ou usam não tem o devido cuidado com o equipamento e ele é oferecido por um preço bem mais em conta do que o normal.


Você ao decidir realizar a compra estará investindo em um equipamento para uso pessoal e que seja durável, por isso invista na prancha certa e com o material certo para a prática que você definiu.


Procure por compras direto do fabricante ou por shaper, pessoas que fazem a sua prancha SUP personalizada.


4º - Volume da prancha

Formatos e tamanhos são os mais variáveis possíveis, mas o que interessa é o volume da prancha SUP. O volume vai definir o quanto ela vai poder flutuar sobre as águas.


Antes de ir a uma loja, saiba o peso e peça para o vendedor te ajudar a calcular o volume ideal da sua prancha SUP.


5º Controle-se com os acessórios

Pense numa criança em uma loja de brinquedos. Pensou? É assim quando você entra numa loja de produtos para Stand Up Padle. São equipamentos coloridos, de todas as formas e tamanhos.


Controle-se. Adquira apenas o que for necessário para o início e aos poucos você vai adquirindo “coisinhas”.


Uma dica legal é investir numa boa borracha para o deck da sua prancha, porque de início você ficará muito sentado ou de joelhos e isso poderá evitar assaduras. Um bom remo também é legal de se investir logo no início.


Quando não estamos ainda familiarizados com os modelos de prancha SUP fica tudo difícil, mas vamos te ajudar a desvendar esse mistério todo a partir de agora:


Stand Up Paddle Funboard – É uma prancha coringa que funciona para qualquer situação. É um pouco maior do que uma prancha SUP Surf. É uma prancha intermediária e facilita para os iniciantes.


SUP Surf – Se o seu objetivo é surfar, então sua prancha tem que ser menor. Os menores modelos tem por volta de 8 pés e não são indicados para longas remadas.


SUP Race – Seu objetivo é competir. A prancha race tem entre 14 a 24 pés. Tem ótimo desempenho, mas é terrível em equilíbrio. A pessoa tem que ter experiência para remar nesse tipo de prancha. Existem pranchas especiais de SUP race para downwind e freestyle.


Whitewater – São as pranchas usadas para o SUP River ou as corredeiras. São infláveis ou de polietileno, porque são materiais mais resistentes. Medem entre 10,5 a 12, 5 pés de comprimento.


Cruiser – Te leva para qualquer lugar que você imaginar. Ideal para remadas longas. Tem velocidade, equilíbrio e ainda sobra espaço para uma mochila. São as mais adaptadas para o SUP Fishing.


10 lugares paradisíacos para você remar de Stand Up Paddle


Saint Lawrence, divisa com Canadá e Estados Unidos.


Stand Up Paddle em 1. Saint Lawrence, divisa com Canadá e Estados Unidos

É um arquipélago formado por mil ilhotas e com vários cenários. As águas são extremamente frias, mas já se imaginou passando por essas construções tranquilamente remando? Na época do outono as árvores ficam totalmente coloridas e a paisagem muda drasticamente.



Salvador na Bahia, Brasil


Stand Up Paddle em Salvador na Bahia, Brasil.

Águas mornas, ventos amenos e um sol gostoso para sentir na pele. Isso é que algumas praias de Salvador estão oferendo aos amantes do Stand Up Padle.



Angra dos Reis no Rio de Janeiro, Brasil


Stand Up Paddle em Angra dos Reis no Rio de Janeiro, Brasil

Ilha grande fica na região de Angra dos Reis e a Lagoa Azul possui águas límpidas e tranquilas e nem precisamos falar o porquê do nome, não é mesmo? Local de sonhos: você, sua prancha SUP e toda a natureza ao seu redor.



Bonito em Mato Grosso do Sul, Brasil.


Stand Up Paddle em Bonito em Mato Grosso do Sul, Brasil

Águas muito cristalina e pelo caminho você encontra vários animais selvagens. Algumas corredeiras, por isso a prancha SUP inflável é a melhor solução.



Havaí, nos Estados Unidos.


SUP no Havaí, nos Estados Unidos.

O local de origem do esporte não poderia faltar. O Havaí é muito conhecido pelo surf e pelas belas paisagens de suas praias.


Ilha de Páscoa, Chile.


SUP na Ilha de Páscoa, Chile.

Uma das ilhotas da Polinésia oriental. Possuem correntezas típicas do oceano Pacífico, exige atenção redobrada. Mas remas com sua prancha sob os olhares dos Moais é uma sensação pra de extravagante.


Rotorua, Nova Zelândia.


SUP em Rotorua, Nova Zelândia.

É um paraíso para os amantes de Stand Up Padle. São lagos e lagoas que variam suas cores entre os tons de azul e verde. Rios, córregos e fontes termais naturais também são encontrados em abundância. Por toda a parte você topa com piscinas de lama fervendo provenientes das atividades vulcânicas da cidade.


Rio São Francisco em Petrolina, Pernambuco.


SUP no Rio São Francisco em Petrolina, Pernambuco.

Impossível imaginar que em pleno sertão nordestino a prática do Stand Up Padle seja possível. O velho Chico apresenta paisagens que te fazem perder a noção de que se encontra em área seca. A imensidão do rio que mais se assemelha a um mar em certos pontos, alternam corredeiras leves e rápidas com águas calmas e quase paradas.


Ilhas Maldivas, na Ásia.


Stand Up Paddle nas Ilhas Maldivas, na Ásia.

Areias brancas à beira do mar, peixes coloridíssimos e uma água transparente e quente é o que você encontrará nessas ilhas. Ideal para fotos e encher a alma com toda essa imensidão azul-esverdeada de mar.



Fernando de Noronha em Pernambuco, Brasil.


SUP Fernando de Noronha em Pernambuco, Brasil.

Piscinas naturais, mar, pequenos lagos é o que você poderá desfrutar em Fernando de Noronha. A ilha de Fernando de Noronha oferece tudo para qualquer tipo de esportes aquáticos. O Stand Up Padle é muito praticado por quem ali passa. Tartarugas, peixes e outros animais marinhos podem ser vistos por quase toda a extensão da ilha. Memorável.


Ainda não se apaixonou pelo Stand Up Padle?

Com todas as dicas e informações que explanamos neste artigo, você ainda tem alguma dúvida se começa ou não a remar o SUP?


Então vamos lá tentar fazer com que você se apaixone de vez pelo esporte.


Pessoas em pé em cima de uma prancha remando tranquilamente pelas praias do Brasil e do mundo. Isso já é uma cena comum e que estamos acostumados a ver. Por algum segundo já se imaginou ali?


Então você precisa experimentar e a garantia de se apaixonar será imediatamente. Se você já pensou em ser um surfista e nunca pode concretizar esse sonho e acha que agora por ser mais velho é muito incômodo, o Stand Up Padle é o seu esporte!


Remar em cima de uma prancha SUP lhe trará a sensação de estar andando sobre as águas, livremente e totalmente conectado à natureza. E com um pouquinho mais de esforço e treino, você até poderá pegar umas ondinhas remando e  realizando o sonho de ser surfista.


O paraíso dos surfistas, o Havaí te espera também!


O esporte surgiu nos anos 60, mas somente de uns 8 anos para cá é que ficou popularmente conhecido e hoje os amantes da modalidade SUP gira em torno de 1,5 milhões de pessoas no mundo inteiro.


Imagine-se fazendo parte dessa comunidade.


Poder remar em águas calmas ou com ondas é o pulo do gato do Stand Up Padle. Com essas características ele te dá a liberdade de remar em praticamente qualquer lugar que haja água e que caiba sua prancha SUP.


É um dos raros esportes que mexem com sua consciência ecológica, pois é contemplativo interna e externamente, te conecta profundamente com a natureza, isso acaba aguçando a percepção para a preservação desses locais.


Saúde física e mental

Stand Up Paddle fará bem para a sua saúde


Com a prática o condicionamento físico e o equilíbrio aumentam. Remar sobre uma prancha SUP é o mesmo que fazer exercício aeróbico. Ele mexe com todos os membros do seu corpo. Pode ser feito por crianças e por idosos.


Como a contemplação e a conexão com a natureza é grande, o estresse acaba sumindo e você fica com a alma leve e muito mais feliz. Tanto é o poder de relaxamento que a modalidade de praticar ioga em cima da prancha foi desenvolvida.


O melhor de tudo é que você pode chamar uma galera de amigos para praticar o esporte, ao mesmo tempo que curte a prancha ainda consegue fazer uma social em grande estilo com os amigos.


Ainda resta alguma dúvida sobre a prática do SUP?


O que precisa para começar no Stand Up Paddle


▲ O Stand Up Padle já está difundido em vários países e existem várias modalidades, vários tipos de pranchas, de remos e até competições e campeonatos.


▲ Atualmente é bem fácil encontrar as pranchas e até mesmo personalizar a sua no próprio local onde a adquiriu. Todos esses fatores foram cruciais para popularizar o esporte no País.


▲ De início o custo pode parecer um pouco alto, porém se você analisar o custo/benefício desse investimento inicial perceberá que o que investiu em compra de equipamentos foi somente isso, nada mais e nada menos. Apenas defina o objetivo que quer desde o início. Já falamos disso aí em cima.


▲ Para ter certeza e fechar o ciclo de dúvidas de uma vez por todas, experimente. Alugue um equipamento e faça aulas em locais adequados e com profissionais experientes e dedicados.


▲ Sentir aquele prazer de remar em águas calmas, com um ventinho batendo no rosto, o sol aquecendo o seu corpo, os peixes pulando próximos à prancha SUP e sua mente se esvaziando de todos os problemas e preocupações.


▲ É essa energia que fará com que se apaixone. Tente, não perca essa oportunidade.


Só para garantir, vamos falar de alguns benefícios que somente quem rema de Stand Up Padle pode sentir:


Stand Up Paddle - SUP

1 - Sentir a liberdade total e saber que ela depende só da sua energia é sensacional. Carregar sua prancha SUP e sair remando sozinho pela imensidão do mar ou no silêncio de um lago te garante uma paz de espírito.


2 - Já imaginou chegar naquela pequena ilha distante que você sempre vê e que não pode chegar até lá? Isso acaba com o Stand Up Padle, com algum conhecimento de segurança e de navegação é possível descobrir ilhas desertas, praias escondidas e outros cantos inesquecíveis.


3 - Quer observar a vida aquática de maneira mais íntima? O Stand Up Paddle te proporciona isso, pois é silencioso e não causa impacto ambiental nenhum. Lembra-se da consciência ecológica desenvolvida? É nessa hora é que ela fica totalmente evidente.


4 - Quando praticamos exercícios físicos ficamos muito cansados, geralmente relaxamos após um banho, mas a mente continua ligada. Depois de uma boa remada, o seu corpo e a sua mente ficarão relaxados.


5 - Se você tem um pouco de equilíbrio, ficar de pé em cima de uma prancha SUP e dar as primeiras remadas é muito fácil. Se cair, aproveite para um bom mergulho acompanhado de gargalhadas.


6 - Se você gosta de viajar. Se você gosta de lugares exóticos. Se você gosta de aventuras. Definitivamente o seu esporte é o Stand Up Padle. Remando você vai querer viajar mais, vai querer conhecer outras pessoas que também se sentem animadas e felizes com o esporte, vai querer sempre chegar num paraíso diferente a cada remada. Para isso só precisa de uma mochila onde caiba uma prancha SUP inflável e disposição para encontrar as maiores aventuras da sua vida.


Aloha


Sobre a Paddles - A primeira Paddle Wear

A cultura do remo e a paixão e respeito pelo mar virou uma marca. A Paddles é a primeira paddle wear do mercado. Vestindo remadores, pessoas ligadas ao mar e que buscam por esse estilo de vida. Clique e conheça a marca Paddles


Conteúdos que você precisa conferir

Voltar

Receba nossas Ofertas e Novidades